Blog Posts

vintage_parfum
10 April
0

Relíquias perfumísticas

Há perfumes que são verdadeiros tesouros vintage. Seja pelas lendas que os cercam, pelo aroma, incríveis frascos ou a exclusividade, algumas fragrâncias marcaram a história e nossas peles. Vamos a eles:

A primeira água de colônia (que já falamos sua história mais detalhada  aqui no blog) e mais antiga fragrância no mercado é a Farina 1709 Eau de Cologne, criada pelo perfumista italiano Johann Maria Farina. Ele batizou o produto em homenagem a sua cidade adotiva, Colônia, na Alemanha, onde até hoje há uma loja da empresa fundada por ele.

A história, porém, é controversa. A perfumaria 4711, também de Colônia, alega ter sido a primeira a disponibilizar a água de colônia, há mais de 220 anos. A composição do produto, criado primeiramente com propósitos medicinais, é um segredo até hoje.  Na flagship da marca, na cidade onde foi fundada, há uma enorme fonte onde é possível se banhar com ele.

Apesar da polêmica, Johann Maria Farina foi homenageado pela clássica Roger & Gallet, que lançou em 1806 o perfume Jean Marie Farina. Ainda disponível para compra, é o primeiro criado pela perfumaria francesa.

Também no século XIX, a Guerlain fez seu primeiro lançamento, a eau de cologne Impériale, desenvolvida por Pierre-François-Pascal Guerlain, fundador da marca. A empresa francesa tem diversos perfumes antigos ainda no mercado, como L’Heure Bleuede 1912, e Mitsouko, de 1919. best-seller Shalimar, de 1925, expressa o fascínio pelo oriente nos anos 20. Seu nome foi dado em homenagem a uma lenda hindu.

O perfume Joy, lançado em 1930 por Jean Patou, foi apresentado como o mais caro do mundo justamente na época da Grande Depressão. Criado por Henri Alméras, demanda nada menos que 10 mil flores de jasmim e 28 dúzias de rosas para fabricação de 30 ml de parfum. Na tampa do frasco o detalhe fica por conta de um fio de ouro para decorar e tornar o perfume ainda mais raro.

Uma das fragrâncias mais místicas do mundo, sem dúvida, é Chanel nº 5, um clássico da maison francesa. Criado em 1921, quando o perfumista Ernest Beaux apresentou 24 amostras para Mademoiselle Chanel e ela escolheu justamente a quinta. Um dos diferencias é o design do frasco. Suas linhas retas, de inspiração art déco, foram uma revolução para a estética da época.

Qual é o seu perfume eterno?